Como escolher o piso ideal para cada ambiente do seu projeto

Conheça os 8 tipos de piso indicados para projetos residenciais e comerciais:

  • cerâmica
  • porcelanato
  • cimento queimado
  • ladrilho hidráulico
  • mármore
  • granito
  • laminado de madeira
  • piso vinílico

1- Cerâmica

Vamos começar a falar sobre os tipos de piso citando um dos mais utilizados: o cerâmico.

O material é produzido a partir da prensagem da argila úmida e peneirada. O piso cerâmico pode ser usado tanto em ambientes internos e externos.

Entre suas vantagens está a resistência à água e a manchas e a variedade de texturas e paginações.

Existem muitos modelos e acabamentos de piso cerâmico, que pode ser natural ou acetinado, pode ser estampado ou pode ainda imitar outros materiais como a madeira, pedras e até mesmo tecidos.

FURNITURE

2- Porcelanato

Quando falamos sobre tipos de piso, o porcelanato é um dos queridinhos dos clientes! E eles têm razão, afinal, o material é de alta qualidade e deixa qualquer projeto muito mais elegante.

Existem vários tipos de porcelanato, e a diferença entre eles é basicamente a intensidade do brilho e a presença de texturas.

FURNITURE                                            sala de jantar com piso porcelanato (projeto: Lorrayne Zucolotto)

3- Cimento Queimado

O piso de cimento queimado é aquele que tem aparência de inacabado, ideal para ambientes com o estilo rústico ou industrial.

Ele é feito com uma base de cimento, areia e água e finalizado com pó de cimento.

Porém existem diversos produtos no mercado que foram desenvolvidos para dar o efeito de cimento queimado ao piso.

Uma das vantagens desse tipo de piso é a facilidade na aplicação e o baixo custo para a obra. Porém, ele não é indicado para ambientes úmidos, como o banheiro.

FURNITURE                                Projeto por IBD Arquitetura

4 – Ladrilho Hidráulico

O cliente gosta de tipos de piso com variação de estampas e feitos de forma artesanal? Então o Ladrilho Hidráulico é uma opção interessante para o projeto.

O material, feito com uma combinação de pó de mármore, cimento e corantes, deixa qualquer ambiente com mais personalidade.

Devido ao processo de fabricação, seu custo costuma ser mais alto. Porém existem cerâmicas e porcelanato que imita a aparência do ladrilho hidráulico.

FURNITURE

5- Mármore

Tipos de piso frios são interessantes para regiões mais quentes, e o mármore é um das opções nesses casos.

Mas se o cliente mora em um local mais frio, uma alternativa é usar sistemas de aquecimento de piso ou tapetes.

O revestimento natural é constituído de calcita, um dos componentes do calcário. Extremamente luxuoso, o piso de mármore traz aspecto de limpeza e tranquilidade.

Entre as suas desvantagens, está a baixa resistência a impactos e soluções ácidas.

FURNITURE                                     projeto: Andrea Petini

6- Granito

Assim como o mármore, o granito é um revestimento que traz imponência e luxuosidade para os ambientes.

Mas ele apresenta uma vantagem: entre os dois tipos de piso, o granito é o mais barato.

Outros benefícios dessa pedra natural é a facilidade de limpeza e a resistência, o que possibilita que ele seja aplicado em locais com maior fluxo.

FURNITURE

7 – Laminado de madeira

Revestimentos de madeira também aparecem entre os tipos de piso mais pedidos pelos clientes. Como a madeira natural tem um custo alto, uma alternativa interessante é o piso laminado de madeira. O revestimento, feito HDF (painel de madeira de alta densidade), deixa o ambiente aconchegante e tem fácil instalação.

Esse é um dos tipos de piso que não se dão muito bem com a umidade. Por isso, não é recomendado para o uso em áreas molhadas (banheiro ou cozinha).

FURNITURE

8 – Piso Vinílico

O piso vinílico é muito semelhante ao piso laminado e, muitas vezes, os dois são confundidos. A diferença é que ele é produzido a partir de PVC.

Outra diferença entre os tipos de piso é que o vinílico necessita de uma superfície nivelada para a instalação.

Já o laminado pode ser aplicado em qualquer lugar, desde que o contrapiso conte com, no máximo, 3 mm de saliências em uma extensão de até 1 m.

Entre as vantagens do piso vinílico está o conforto térmico, acústico e a resistência a manchas.

FURNITURE

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog

Fonte:Viva Decora

Publicidade

Como decorar uma varanda gourmet

Apartamentos e casas com plantas diferenciadas estão em evidência no mercado, com mais espaço destinados para a varanda, a tornando mais do que um espaço para relax, mas também para uso gourmet. Vejam essa linda varanda gourmet, em um apartamento de 93m² localizado no bairro Dionisio Torres, em Fortaleza-Ce.

aolatjm0fpox

Se você está em processo de escolha do seu apartamento e puder optar por um com varanda gourmet, saiba que não irá se arrepender. Afinal, essas varandas são ideais para receber os amigos ou para curtir aquele momento com a família.

O que é uma varanda gourmet?

Sabe a função do quintal e jardins? Então, as varandas ganharam funções semelhantes, sendo ambientes de descanso e para receber amigos e familiares. Mas para que tenha realmente essa função, de acordo com o conceito de arquitetura,  elas veem equipadas com bancadas de apoio para preparar bebidas e alimentos, espaço para cozinhar (seja fogão elétrico ou churrasqueira) e receber seus convidados.

Apesar disso, nem todas as varandas gourmet seguem 100% à risca o que diz a regra. Assim, dependendo do tamanho, algumas pessoas dispensam os equipamentos de cozinha na própria varanda — reduzindo-os a uma churrasqueira simples ou integrando a varanda à cozinha americana, em alguns casos.

furniture

Como decorar uma varanda gourmet?

Sempre leve em conta o aconchego e bem-estar seu, de sua família e convidados. Avalie algumas características essenciais para que esse ambiente fique aconchegante e de acordo com os seus gostos e preferências. Veja algumas dicas:

  • Compreenda o espaço da sua varanda gourmet – mesmo que pequenas, as varandas, quando projetados por um bom profissional ganham espaços antes nunca vistos. Então invista em u bom profissional;
  • Não sufoque o ambiente com muitos itens e lembre-se de que é fundamental manter uma boa circulação no espaço para que você consiga deixá-lo aconchegante.
  • Defina o objetivo da sua varanda gourmet – Qual será o uso primordial da sua varanda gourmet? Receber os amigos, passar mais tempo com a família, relaxar? Para cada necessidade podem existir projetos diferentes. Mais uma vez um bom profissional saberá captar sua necessidade e transformá-la em realidade.
  • Feche o ambiente com blindex ou vidro – Dessa forma, caso haja um número maior de pessoas no ambiente, você promoverá uma maior aproximação de todos os presentes. Opte pela cortina de vidro, que é o mais usual, que também pode ser aberta para arejar o ambiente. Além de dar mais intimidade, essa opção ainda ajuda a proteger o local do frio e da chuva.
  • Invista em iluminação

Voilá! Agora é curtir sua varanda, recebendo amigos e familiares, para momentos alegres e descontraídos.

E então? Gostou das nossas dicas de como decorar uma varanda gourmet? Aproveita e veja mais dicas de decoração e saiba tudo sobre o mercado imobiliário assinando nossa newsletter.

Veja também: